Morre brasileiro que estava em coma após agressão na Austrália

Ivan Susin esperava por seu pedido em balcão de restaurante na calçada de uma rua quando uma briga começou a poucos metros dele

REPRODUÇÃOREPRODUÇÃO

atualizado 11/10/2019 17:42

O estudante brasileiro Ivan Susin, de 29 anos, que estava em coma após uma briga de rua, morreu nesta sexta-feira (11/10/2019). Ele foi vítima de agressão em Surfers Paradise, subúrbio de Gold Coast, na Austrália, no dia 1º de outubro. As informações são da Revista Época.

Acusado de danos corporais graves, o suspeito foi preso, mas liberado após julgamento. Ele teve que pagar fiança de 50 mil dólares australianos (cerca de R$ 138 mil) e entregar seu passaporte à Justiça. Além disso, está proibido de entrar em casas noturnas no estado de Queensland.

Caso
De acordo com funcionários do Orchid Kebab, restaurante no movimentado bairro de Surfers Paradise, conhecido por atrair turistas e jovens a bares e casas noturnas, Susin esperava por seu pedido no balcão, na calçada de uma rua, quando a briga começou a poucos metros dele.

Os agressores teriam passado e roubado parte da comida dos amigos da vítima, que lanchavam sentados em um banco. Uma discussão teria começado e então um dos provocadores deferiu socos. “A briga não era dele”, disse um dos funcionários do local.

No vídeo abaixo, Ivan Susin (de boné azul) percebe a confusão e tenta golpear um dos agressores, mas erra a mira. O outro homem então acerta um soco na vítima, que cai no chão e fica imóvel pelo resto do tempo das imagens.



Play

 

 

 

 

Últimas notícias