Vídeo. Nuvem gigante de formigas voadoras é vista em mapa meteorológico

A imensa nuvem de insetos voadores foi confundida pelos meteorologistas com a chegada de uma grande tempestade

Quando meteorologistas viram uma imensa mancha azul sobre o Reino Unido e a Irlanda, logo pensaram que tratava de uma grande tempestade a se mover sobre o território dos dois países. Mas estavam totalmente enganados.

O que pensavam ser chuva, na última sexta-feira (17/7), era, na verdade, o deslocamento de uma nuvem gigantesca de formigas voadoras. O assunto foi grande destaque nos jornais locais.

1/9
Várias pessoas relataram a invasão de formigas voadoras
Nuvem de formigas voadoras foi vista pelo serviço meteorológico
Nuvem de formigas voadoras sobrevoou a Irlanda e o Reino Unido
Nuvem de formigas voadoras
Nuvem de gafanhotos na Argentina
Mapa sobre avanço de nuvem de gafanhotos
Foto de lavoura monitorada após nuvem de gafanhotos
Lavoura atacada por gafanhotos
Mapa sobre avanço de nuvem de gafanhotos

Meteorologistas da região relataram à mídia dos dois países que, durante o verão no Hemisfério Norte, as formigas chegam a alçar voos em uma “emergência coletiva”. Isso ocorre geralmente em dias quentes, úmidos e sem vento.

Depois de uma análise mais detalhada, eles descobriram que o fenômeno pode ocorrer pela necessidade de as formigas-rainhas buscarem novos “lares” para suas colônias.

Invasão chocante

Ao site Dublinlive, uma mulher de Terenure, em Dublin, diz que ficou em choque depois que milhares de insetos invadiram a casa dela na noite dessa segunda-feira (20/7).

Rebecca Flynn relatou que já havia recebido a visita dos insetos em anos anteriores, mas a quantidade que foi encontrada em seu jardim foi assustadora. “Gritei com meu marido para fechar todas as janelas e portas”, afirmou a mulher, que gravou um vídeo e viralizou nas redes sociais.

Após o registro meteorológico, a nuvem se deslocou para a região de Londres e do Sudeste da Inglaterra, depois se dissipou.