*
 

Quatro médicos do Hospital Nacional de Nairobi, no Quênia, foram suspenso após terem feito uma cirurgia no paciente errado. Segundo informações da imprensa local, um homem, que esperava por remédios para diminuir o inchaço, foi levado para o centro cirúrgico, onde abriram sua cabeça em busca de um coágulo.

Os médicos só perceberam o erro quando não conseguiram encontrar o coágulo na cabeça do paciente. A pessoa que realmente deveria fazer a cirurgia estava esperando pacientemente em outra ala do hospital.

Após a descoberta do erro, os médicos finalizaram os procedimentos e foram atrás do paciente correto. Segundo o jornal Daily Nation, os dois operados passam bem e o hospital avalia o que vai ocorrer com os responsáveis pela operação errada.