*
 

Um mulher de Indiana, Estados Unidos, é acusada de tentar curar o autismo da filha obrigando a menina a tomar alvejante. A denúncia foi feita pelo próprio pai da garota que viu a esposa pingar várias gotas do produto no leite da criança.

Segundo a polícia, a mulher começou a utilizar a mistura após ler um texto no Facebook que dizia se tratar de “uma solução mineral milagrosa”. O serviço social do estado foi chamado e levou a criança para um local seguro. Os nomes dos pais não foram divulgados para preservar a menina.

O texto que apresentava a solução, segundo a emissora norte-americana Fox59, dizia que o produto era a cura não só do autismo, mas também do câncer, da hepatite e até da Aids. A polícia investiga o caso.