*
 

Uma mulher foi presa em Muzaffargarh, Paquistão, após matar 15 pessoas da família. Aasia Bibi foi forçada a se casar em setembro, mas não estava satisfeita com a imposição. Dessa forma, para se livrar do marido, ela envenenou o leite. No entanto, ele não bebeu, e o líquido acabou sendo usado para fazer lassi, uma espécie de iogurte local.

O lassi foi servido para 27 pessoas da família, que, imediatamente, começaram a passar mal. Todos foram parar no hospital, diagnosticados como vítimas de envenenamento. Quinze não resistiram e morreram. Outros 12 permanecem internados em estado crítico. “A jovem confessou o crime, explicou a situação e foi presa”, disse a polícia local ao jornal Daily Mail.

Além de Aasia, três pessoas foram parar na prisão acusadas de auxiliarem no envenenamento, entre elas, o amante e uma tia. Recentemente, o Paquistão endureceu as leis para diminuir o casamento com crianças e os matrimônios arranjados.

 

 

COMENTE

leiteenvenenamento
comunicar erro à redação