Jacques Chirac, ex-presidente francês, morre aos 86 anos

Um dos mais longevos chefes de estado da França, ele governou entre 1995 e 2007 e se opôs à intervenção dos Estados Unidos no Iraque

Christophe Morin/IP3/Getty ImagesChristophe Morin/IP3/Getty Images

atualizado 26/09/2019 7:35

O ex-presidente da França, Jacques Chirac, um dos mais longevos presidentes da história da França, morreu nesta quinta-feira (26/09/2019), em Paris. A informação foi confirmada pela família à agência France Press.

O ex-presidente francês tinha 86 anos e a carreira política é considerada uma das mais excepcionais da França. Chirac foi primeiro-ministro, ministro, prefeito de Paris. Como chefe de Estado, governou a França entre 1995 e 2007.

Chirac era uma das personalidades políticas mais apreciadas na França. Ele era estimado pela longa carreira política e personalidade carismática.

Ele também se tornou uma celebridade por ter sido o presidente que se opôs à intervenção americana no Iraque, vetando o aval da ONU no Conselho de Segurança — enquanto o Reino Unido de Tony Blair embarcava no conflito ao lado de George W. Bush.

Pela popularidade, o estado de saúde dele era acompanhando de perto pela mídia e por todo o país.

Vítima de um acidente vascular cerebral em 2005, ele tem um quadro de saúde delicado, com momentos de desligamento, perda de memória e perda de audição.

Últimas notícias