*
 

Na cidade de North Everett, estado de Washington, Estados Unidos, uma garota de programa foi presa na terça-feira (7/11) acusada de ter atirado duas vezes na cabeça de um cliente. O motivo: ela teria ficado insatisfeita com a qualidade do sexo oral feito por ele.

A suspeita é Marissa Wallen, de 21 anos. O casal estava na casa do homem, de 36 anos, quando ela teria ficado constrangida com a técnica do cliente. Sem saber como dizer isso a ele, “resolveu atirar”. A justificativa consta no depoimento de Marissa à polícia.

Depois do crime, a garota de programa ainda gastou US$ 10 mil usando o cartão de crédito da vítima. O homem foi encontrado inconsciente e está internado em estado grave. As informações são da emissora Kiro 7.

 

 

COMENTE

sexo oralgarota de programa
comunicar erro à redação

Leia mais: mundo