*
 

Um homem foi preso na Espanha acusado de assassinar a esposa com um corte profundo na garganta e depois jogar os restos mortais em sacos de lixo. No entanto, essa não é a pior parte da história. Após o crime, ele tatuou a data de nascimento e o dia em que teria matado a mulher no corpo. Embaixo ainda escreveu a frase: “Obrigado por tudo”.

Após assassinar a esposa, o homem de 22 anos, que não teve a identidade divulgada pela polícia, fugiu com o filho do casal, um garoto de apenas 1 ano e 6 meses. Sobre a vítima, o que se sabe é que chamava-se Lisa e tinha 20 anos.

Durante os dias em que fugiu da polícia, o suspeito esteve com o celular da vítima e atualizou o Facebook e demais redes sociais da mulher para que ninguém desconfiasse do crime. Agora, ele deverá ficar preso por 15 anos.

 

 

 

COMENTE

EspanhatatuagemAssassinado
comunicar erro à redação

Leia mais: Mundo