Genebra terá o maior salário mínimo do mundo: cerca de R$ 24,2 mil mensais

O valor foi votado no final de setembro e aprovado por cerca de 80 mil eleitores

atualizado 19/10/2020 15:25

Pixabay

Considerada uma das cidades mais caras do mundo, Genebra, na Suíça, obrigará os empregadores a pagar um salário mínimo de 23 francos por hora trabalhada. Isso equivale a, aproximadamente, R$ 24,2 mil por mês. O valor representa o maior salário mínimo do mundo.

A quantia, não tão elevada onde o aluguel de um apartamento normal raramente é menor do que 2 mil euros mensais (mais de R$ 13 mil), foi votada no fim de setembro e será aplicada somente em Genebra, onde 80 mil eleitores aprovaram a medida.

0

Os próprios cidadãos se recusaram a definir o salário mínimo em anos anteriores, como em 2011 e 2014. Entretanto, os analistas associaram a mudança de opinião com a situação de crise instalada pela pandemia do coronavírus.

A cidade, que tem uma economia altamente dependente do turismo, está no topo das listas de cidades mais caras do mundo, competindo com Zurique, Singapura e Hong Kong.

O salário mais alto do mundo antes era de 12,1 euros por hora na Austrália, cerca de 2.180 euros por mês (aproximadamente, R$ 14,3 mil).

Últimas notícias