EUA: produtos com maconha passam a ser legais em Minnesota nesta sexta

Pessoas com 21 anos ou mais poderão comprar alimentos e bebidas que possuem a substância psicoativa THC

Lei estadual de Minnesota, nos Estados Unidos, que entra em vigor em nesta sexta-feira (1º/7), autoriza a compra de alimentos ou bebidas com canabinóides, incluindo o THC. Os produtos poderão ter até cinco miligramas do psicoativo a cada porção e menos de 50 miligramas por embalagem.

O uso medicinal da cannabis é permitido no estado desde 2014. Cada produto pode ter mais de 10 miligramas de THC.

Durante a tramitação da lei na Câmara dos Representantes, os parlamentares aprovaram uma ementa que exige que o estado passe a estudar os impactos da legislação na saúde mental, transtorno de uso de substância e educação sobre a maconha.

“Esta é uma alternativa natural e que lhe dá uma sensação que você quer sentir, e ao invés de tomar uma cerveja de hora em hora, você pega um comestível e fica bom por seis a oito horas. aqueles 5mg, você não terá aquela sensação de ‘muito’”, afirmou o Mason Alt, proprietário da Retro Bakery em Columbia Heights, à rádio norte-americana WCCO.

O governador de Minnesota, Tim Walz, do Partido Democrata, propôs a legalização da maconha durante as negociações orçamentárias deste ano. Contudo, os parlamentares republicanos foram contra a proposta.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.