EUA: produtor de vacina promete vender ações e doar parte da fortuna

Stephane Bancel é CEO da Moderna, fabricante de vacinas contra a Covid-19, e pretende investir em empresas e filantropia

atualizado 26/05/2022 23:32

Getty Images

Stephane Bancel, CEO da Moderna, fabricante norte-americana de vacinas contra a Covid-19, disse, nesta quinta-feira (26/5), que doará a maior parte de sua riqueza. Bancel afirmou que pretende concentrar o dinheiro em questões como assistência médica e segurança alimentar global.

O empresário destacou que planeja vender suas ações da Moderna no próximo ano, doando os recursos. No total, o valor da doação pode chegar até US$ 355 milhões para caridade, disse ele. Seu patrimônio líquido é estimado em US$ 4,1 bilhões, de acordo com o Bloomberg Billionaire’s Index.

“Dissemos às crianças que elas recebem uma boa educação, nós cuidamos disso”, disse o empresário em entrevista durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, Suíça. “Eles vão ficar com a casa da família, você sabe. Mas o resto nós vamos dar.”

0

Bancel também afirmou que pretende investir em empresas que combatem as mudanças climáticas. O CEO é um dos investidores da start-up de energia de fusão nuclear Commonwealth Fusion Systems e relata que começou a se interessar pelo tema quando sua filha o explicou sobre os impactos climáticos do consumo de carne.

O CEO tem 5,4% de participação na Moderna por meio de ações próprias e duas entidades separadas. As ações da fabricante de vacinas da Covid-19 tiveram uma alta de quase US$ 500 por ação em agosto. Entretanto, houve uma severa queda desde então em função da preocupação de investidores com a entrega de vacinas no prazo estipulado pela compra.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias