Duas mulheres morrem no Peru após ondas causadas por erupção em Tonga

Vítimas estavam em um veículo na praia de Naylamp, no norte do país, quando foram arrastadas pelo mar

atualizado 16/01/2022 19:49

Duas mulheres morreram afogadas no norte do Peru devido a fortes ondas causadas pela erupção do vulcão submarino em Tonga. A informação foi divulgada neste domingo (16/1) pela polícia peruana.

“Lamentamos a sensível morte de duas pessoas, que foram encontradas mortas por policiais na praia de Naylamp, quando as ondas estavam anormais. Da mesma forma, dá-se a conhecer que a praia em causa é declarada como ‘imprópria para banhistas'”, reportou a Polícia Nacional do Peru, em uma rede social.

De acordo com a imprensa local, ondas de mais de dois metros atingiram a costa do país. As vítimas estavam em um veículo que foi arrastado pelo mar.

As ondas surpreenderam banhistas e comerciantes. O alerta não foi dado pelo governo local. A congressista Susel Paredes (Partido Morado) lamentou a inércia das autoridades e cobrou uma resposta do comandante-geral da Marinha peruana, o almirante Alberto Alcalá Luna.

Estados Unidos, Japão, Austrália, Chile e vários outros países do Pacífico alertaram para o risco de tsunamis após o vulcão entrar em erupção.

Mais lidas
Últimas notícias