Covid-19: Nova York bate recorde e registra 779 mortes em 24h

"As notícias não são apenas ruins, mas terríveis", disse o governador do estado, Andrew Cuomo. Os Estados Unidos têm mais de 12 mil mortos

atualizado 08/04/2020 16:25

Caminhão transporta mortos por coronavírus em NYGetty Images

Considerada atual epicentro da pandemia de coronavírus no mundo, Nova York bateu, nesta quarta-feira (08/04), um triste recorde. A cidade registrou, nas últimas 24 horas, 779 mortes em decorrência do Covid-19. Segundo jornal The New York Times, este é o mais alto número de óbitos, desde a chegada do vírus nos Estados Unidos.

Só nesta terça-feira, o país teve 1,8 mil mortes, de acordo com a Universidade Johns Hopkins. De acordo com o Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC), só em Nova York, 141.100 pessoa foram infectadas pelo vírus e 6.268 morreram, vítimas.

O número é preocupante, porque, agora, NY já tem mais casos que a Itália, último epicentro da pandemia, segundo a publicação norte-americana.  Andrew Cuomo, governador do estado de Nova York, diz que “as notícias não são apenas ruins, mas terríveis”.

“O número de mortes continuará a aumentar à medida que aumentam as pessoas hospitalizadas por um longo período de tempo. Eu entendo a ciência disso. Eu entendo os fatos e a lógica disso. Mas ainda é incrivelmente difícil de lidar “, explicou Cuomo.

O país tem 387.547 infectados; 12.722 pessoas já morreram em decorrência da Covid-19.

Últimas notícias