Esta imagem tem 25 mil buracos negros supermassivos

Os astrônomos usaram 52 estações com antenas LOFAR espalhadas por nove países europeus

Uma equipe internacional de astrônomos divulgou um mapa do céu noturno mostrando mais de 25.000 buracos negros supermassivos. O mapa celeste, publicado na revista Astronomy & Astrophysics, é o mais detalhado no campo das chamadas baixas frequências de rádio.

Os astrônomos usaram 52 estações com antenas LOFAR espalhadas por nove países europeus.

Leia mais em SoCientífica, parceiro do Metrópoles.