Carta para Deus com 1.800 anos é encontrada em tumba de criança na Sérvia

O bilhete possui inscrições feitas à lâmina e estava junto aos restos mortais de uma menina de 3 anos

Pesquisadores encontraram uma carta supostamente direcionada a Deus em uma tumba no sítio arqueológico de Viminacio, na Sérvia. O bilhete estava junto aos restos mortais de uma garota de aproximadamente 3 anos e continha as letras gregas hi, teta, ni e ro.

As letras podem ser interpretadas, de acordo com o portal Novosti, como HRIS, atribuída ao nome do fundador do cristianismo. A inscrição é, conforme os pesquisadores, rara, uma vez que data de 1.800 anos e contém um dos registros mais antigos relacionados a Deus ou a Jesus Cristo.

1/2
Uma carta direcionada a Deus foi encontrada em uma tumba na Sérvia
O texto contém as letras gregas hi, teta, ni, ro, que podem ser interpretadas como uma mensagem ao divino

O diretor do Instituto Arqueológico Sércio, Miomir Korac, afirmou, contudo, que a carta será analisada. “Há de considerar que o cristianismo [daquela época] era diferente do de hoje, era um conjunto de seitas muito diversas”, disse.

A inscrição foi confeccionada em uma lâmina de prata fina com 5,3 centímetros de comprimento e 3,5 de largura. Além disso, tinha 1 milímetro de espessura.

Os restos mortais da garota do Oriente Médio estavam junto ao bilhete, e acredita-se que a mensagem à figura divina se deu devido à morta precoce.