*
 

Uma série de jornais, moedas, fotografias e livros do período nazista foi encontrada em ótimo estado de conservação por um grupo de arqueólogos que desenterrou uma cápsula do tempo na Polônia, divulgaram autoridades locais nesta terça-feira (20/09).

O cilindro de cobre havia sido enterrado em 1934 na cidade polonesa de Zlocieniec, no noroeste do país, junto às fundações do prédio de um antigo centro de treinamento nacional-socialista.

Os pesquisadores iniciaram as buscas pela cápsula quando ouviram falar que o cilindro poderia conter um filme que teria registrado os festejos dos 600 anos da cidade, que foram celebrados em 1933. Hoje na Polônia, naquela época Zlocieniec fazia parte da Alemanha com o nome de Falkenburg.

Sebastian Kuropatnicki/Divulgação

Autoridades da cidade afirmaram, no entanto, que a cápsula não continha qualquer filme, mas sim memórias nazistas, incluindo dois exemplares do livro Minha Luta, obra escrita por Adolf Hitler.

Sebastian Kuropatnicki, porta-voz das autoridades locais, disse que, embora os objetos retratem “um período do mal”, eles têm valor para os historiadores da cidade. A prefeitura pretende organizar um pequeno museu para exibir os itens, acompanhados de informações críticas sobre o período.

 

 

COMENTE

Alemanha
comunicar erro à redação

Leia mais: Mundo