Cachorro leva tiro na cabeça ao tentar proteger idosos de assalto

Malevo tem 12 anos e, segundo o dono, provavelmente atacou os ladrões quando eles entraram na casa onde o casal mora, em La Plata

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 07/11/2019 17:32

Um cachorro da raça border collie foi atingido com um tiro na cabeça ao tentar defender os donos, um casal de idosos, durante um assalto, em La Plata, província argentina. O caso aconteceu na  última quinta-feira (31/10/2019), segundo o jornal El Día.

Malevo tem 12 anos, idade avançada para os cães. Apesar disso, não se rogou a defender os tutores quando quatro homens invadiram a casa onde moram Renato Santoni, 76, e a mulher, de 62. Quando deram por si, perceberam os bandidos já dentro da residência, e só notaram que o cão estava ferido quando o bando foi embora.

O pet foi levado imediatamente para uma clínica veterinária e luta pela vida. Santoni descreve Malevo como um “verdadeiro guardião” e “muito obediente”. “É provável que ele tenha tentado morder os assaltantes”, disse o homem ao jornal argentino.

Os bandidos levaram 35 mil pesos, o equivalente a pouco menos que R$ 2,5 mil, uma televisão, uma escopeta e um aparelho celular. Apesar disso, os tutores não pensam em outra coisa, senão salvar a vida de Malevo. Na vizinhança, uma campanha foi criada para arrecadar fundos, afim de pagar os custos do tratamento do animal, que é tido como um membro da família Santoni.

Últimas notícias