*
 

A polícia da cidade americana de Hampstead, na Carolina do Norte (EUA), respondeu na manhã desta sexta-feira (9/11) a chamado que relatava um ataque a tiros em uma escola local. Toda a confusão, porém, foi causada por um aquecedor de água.

O comissário de polícia George Brown deu uma declaração à imprensa local dizendo que um aquecedor de água, localizado no teto da escola e que estaria em mal funcionamento, foi o causador de todo o problema. Entretanto, a polícia continuou procurando por possíveis atiradores no local.
O colégio Topsail High School tem cerca de 1300 alunos. Todas as instituições de ensino da região foram fechadas preventivamente.

O assistente do comissário David Williams, que também é técnico de futebol da escola, declarou que em outras ocasiões ele e os alunos ouviram barulhos metálicos vindos do suposto aquecedor, que ele definiu como um “bam bam bam”. Para ele é compreensível que o barulho possa ter feito alguém soar um alerta de tiro.

A polícia da cidade instruiu aos pais que não levem seus filhos para a escola nesta sexta-feira, pois todas as instituições foram fechadas preventivamente. Os ônibus escolares que transportavam alunos tiveram suas rotas desviadas. Os pais das crianças foram notificados para que busquem seus filhos.

No Twitter o sistema público de educação local soltou uma nota explicando o que aconteceu com as crianças que estavam dentro dos ônibus escolares: “Neste momento, todos os campi no lado leste do condado estão no bloqueio. Ônibus para a Topsail Elementary, Topsail Middle e Topsail High estão parados na Lowe’s Foods em frente à Topsail Elementary”.