*
 

O Desafio do Fusca da Metrópoles FM está prestes a atingir a marca de um mês. Foi no dia 05 de março que os cinco participantes originais entraram no carro. Desde então, três desistiram e sobraram dois finalistas, que seguem firmes na competição: Mercês e Raphael. Com quase 30 dias de confinamento, os fusqueiros já passaram por poucas e boas na Rodoviária do Plano Piloto e se acostumaram à vida no meio do vai e vem de pessoas.

Mas nem tudo são flores. O tédio é a principal reclamação de Mercês. “Já está entediante. Mesmo com a primeira mudança das regras, não mudou nada para mim. Continua sendo uma rotina aqui, os dias do mesmo jeito…”. A mineira não apresentou nenhum problema físico durante a competição e confirma que está bem. “Não estou cansada, só acho chato nada de novo acontecer, só ficar dentro do carro. Estou bem fisicamente e continuo aqui o tempo que for necessário para ganhar.”

Raphael, que teve dores na garganta no começo do Desafio, garante que está saudável. “Fisicamente e mentalmente eu estou bem… Já estive pior”, brinca o amapaense. Ele compartilha do relato da companheira de competição: “Dá um pouco de tédio sim, mas esse um mês passou rápido, só os 10 primeiros dias que passaram devagar mas depois o tempo voou.”

A direção da rádio 104.1, no entanto, deve logo acabar esse marasmo. Novas regras estão sendo consideradas e podem passar a valer a qualquer momento, dificultando a prova. A expectativa, inclusive, é de que as novas condições possam provocar a saída de algum deles. Eles aguardam ansiosos pelos dias por vir.

E ai, quanto mais eles aguentam? Acompanhe tudo pela 104.1 Metrópoles FM e pelo site.

Agora, além de levar o Fusca para casa, o vencedor vai ganhar sopas e sucos da Boutique do Suco. Assim como um kit da Mercearia do Banho e um presente da Papier D’art, oferecidos pela Avantte Live Marketing.

 

COMENTE