MP vai fiscalizar obras de drenagem em Vicente Pires

Uma reunião promovida pela Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente (Prodema), do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), nessa quarta-feira (10/4), discutiu o processo de regularização de Vicente Pires. O encontro reuniu instituições diretamente envolvidas na regularização fundiária da região e possibilitou a articulação de ações e a definição de prazos para […]

atualizado 12/04/2019 6:24

Uma reunião promovida pela Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente (Prodema), do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), nessa quarta-feira (10/4), discutiu o processo de regularização de Vicente Pires.

O encontro reuniu instituições diretamente envolvidas na regularização fundiária da região e possibilitou a articulação de ações e a definição de prazos para que sejam concluídas as análises técnicas pendentes.

De acordo com o MP, dois importantes córregos — Vicente Pires e Samambaia–  passam pela região e são constantemente impactados com resíduos de obras e restos de lixo, terra e óleo, que assoreiam os cursos d’água e o próprio Lago Paranoá.

“O prejuízo da ocupação irregular e desordenada afeta não só os moradores mas, principalmente, o meio ambiente”, explica a titular da 6ª Prodema, promotora de Justiça Luciana Medeiros Costa. Até o final do mês, o Ministério Público vai vistoriar, com o acompanhamento da Secretaria de Obras, as obras de drenagem pluvial na região. (Com informações do MPDFT)

Últimas notícias