Morre, aos 86 anos, Victor Gradin sócio da Odebrecht

Victor Gradin, economista e sócio do grupo Odebrecht desde a década de 1970, faleceu neste sábado, dia 26, aos 86 anos. Gradin ingressou na empresa quando ainda operava somente na Bahia, tendo, portanto, desempenhado relevante papel no desenvolvimento do grupo posteriormente. A família Gradin tornou-se, dessa forma, a segunda maior participação acionária no grupo depois […]

atualizado 25/05/2019 21:16

Victor Gradin, economista e sócio do grupo Odebrecht desde a década de 1970, faleceu neste sábado, dia 26, aos 86 anos. Gradin ingressou na empresa quando ainda operava somente na Bahia, tendo, portanto, desempenhado relevante papel no desenvolvimento do grupo posteriormente. A família Gradin tornou-se, dessa forma, a segunda maior participação acionária no grupo depois da família Odebrecht.

Atualmente, a família Gradin e Odebrecht travam uma disputa na Justiça, que se arrasta há anos, envolvendo justamente essa participação. Em questão está uma opção de compra da participação de 20% da família Gradin pela família Odebrecht no valor de um mínimo de US$ 1,5 bilhão. A desavença chegou a levar Victor a ser destituído do conselho da Odebrecht S.A. em 2011.

Seus dois filhos, Bernardo e Miguel ocuparam cargos no grupo Odebrecht até 2010, sendo Bernardo presidente da Braskem e Miguel, da Odebrecht Óleo e Gás, atual Ocyan. Procurada a família não retornou.

Últimas notícias