Depois de viagem, Bolsonaro passa a manhã descansando no Alvorada

O presidente da república, Jair Bolsonaro (PSL), tirou a manhã da sexta-feira (17/05/19) para descansar na residência oficial do presidente, o Palácio da Alvorada. O chefe do Executivo chegou de viagem dos Estados Unidos às 6h da manhã, onde estava desde terça-feira (14/05/19). Ele saiu por volta das 13h, rumo ao Palácio do Planalto. O presidente […]

atualizado 17/05/2019 13:49

O presidente da república, Jair Bolsonaro (PSL), tirou a manhã da sexta-feira (17/05/19) para descansar na residência oficial do presidente, o Palácio da Alvorada. O chefe do Executivo chegou de viagem dos Estados Unidos às 6h da manhã, onde estava desde terça-feira (14/05/19). Ele saiu por volta das 13h, rumo ao Palácio do Planalto.

O presidente desceu para cumprimentar um grupo de apoiadores que esperava na portaria do palácio. Em meio aoss respingos de chuva, era possível ver famílias carregando crianças de colo e bebês. Os admiradores comemoraram a aparição do chefe do Executivo. Apesar de ter descido do carro, o presidente não falou com a imprensa.

A volta do presidente foi antecipada por algumas horas. O voo, que estava programado para sair às 23h do Texas, local de sua hospedagem, saiu às 21h, pelo horário brasileiro. Com a viagem do vice-presidente, Hamilton Mourao (PRTB) a China, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), assumiu a presidência das 15h desta quinta-feira (16/05/19) até esta manhã.

Bolsonaro foi aos Estados Unidos receber o prêmio de personalidade do ano da World Affairs Council. Está foi a primeira vez que a premiação ocorreu em solo texano. As demais edições foram em Nova York.

A premiação estava marcada inicialmente para o Museu de História Natural, em Nova York. Porém, a entidade e o presidente Bolsonaro enfrentaram a resistência do prefeito da cidade, Bill de Blasio, com direito a troca de farpas via Twitter.

Em discurso, Bolsonaro lamentou não poder ter ido a Nova York, mas disse que mantém o respeito pelos novaiorquinos e pela cidade. “Não posso ir a casa de outra pessoa onde a pessoa não me aceite bem”, disse.

Bolsonaro só tem um compromisso marcado para esta sexta-feira. Uma reunião com o ministro do desenvolvimento regional, Gustavo Canuto, marcado para 14h.

Últimas notícias