Cinco dicas para tomar seu vinho no verão (com gelo!)

Não só as noites românticas combinam com a bebida: dá também para aproveitar no calor

Em meio a tanta claridade e calor, a melhor coisa é um drinque bem gelado na beira da piscina ou do mar. E Manuel Luz, sommelier da Sonoma, vem para nos mostrar que não é necessário abrir mão do vinho no verão.

1. O maior tabu: vinho com gelo?
Brancos e rosés tradicionais não combinam com as pedrinhas, tendem a ficar aguados. O truque é apostar nos vinhos suaves, que possuem mais açúcares, para encher de gelo e se refrescar.

2. Como armazenar o vinho?
Leve sempre um balde e mantenha a proporção: 1/2 de água e 1/2 de gelo.

3. Quais vinhos tomar na praia e na piscina?
Três sugestões: o Pucon Pinot Noir Reserva 2016  (leve e frutado do Valle del Malle), o Amansado Rosé (rosé argentino que surpreende pela leveza) e o Caves Campelo Vinho Verde “Miranda” 2016 (leve e saboroso, superior a muitos rótulos mais famosos). Todos por R$ 49,90 (garrafa).

 

4. Com o que harmonizar as opções?
Ceviche, lula à dorê, polvo e frutos do mar. Companhia perfeita para as férias.

5. E para impressionar?
Opte por vinhos que, além de qualidade, possuam garrafas bonitas, como o Anselmann Gewurztraminer (R$ 119,90) ou o Prosecco Astoria (R$ 89,90). E não esqueça de levar o balde!