PCdoB espera conclusão da polícia em morte de dirigente no MT

Partido evita apontar culpados pelo assassinato do presidente da legenda em Juciara, dentro de casa, com mais de oito tiros na sexta-feira

atualizado 16/02/2020 16:40

Reprodução/Portal Vermelho

Sem apontar culpados, o PCdoB espera a conclusão da polícia sobre o assassinato do presidente do partido em Jaciara (MT), Afonso João Silva (foto em destaque), na noite da sexta-feira (14/02/2020). Em notas públicas disponibilizadas no Portal Vermelho, o partido exigiu “apuração rigorosa” e “prisão” dos responsáveis pelo crime.

A presidente nacional do partido, Luciana Santos, se referiu a Silva como “mais um lutador que tomba na luta pela reforma agrária”. O militante assassinado vivia em uma ocupação às margens da BR-364, área federal reivindicada pelas famílias acampadas.

Os assassinos usaram armas de calibre 12 e 38, segundo as primeiras observações da polícia.

Últimas notícias