UFC de Brasília tem minhoca, briga com técnico e olho no cinturão

Alguns dos personagens do terceiro card da organização norte-americana de MMA conversaram com exclusividade com o Metrópoles

atualizado 20/01/2020 5:42

Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC

Após quase quatro anos, o UFC retorna a Brasília no dia 14 de março, no Ginásio Nilson Nelson. Charles do Bronx será o responsável pelo card principal do evento, quando lutará com o norte-americano Kevin Lee, pela divisão dos leves da organização.

Além dele, Johnny Walker, Jussier Formiga e Rani Yahya também estarão presentes no card do UFC Brasília. Ao Metrópoles, o trio falou sobre suas expectativas e preparação para as lutas.

Brasiliense, Rani Yahya esbanjou confiança para o seu duelo com o peruano Enrique Barzola. “É um grande adversário, mas já pode dar o resultado aí, a vitória é minha”, garantiu. Dono de um estilo de jiu-jitsu que é muitas vezes comparados à movimentação de uma cobra, pela forma como consegue envolver o adversário, o recordista de finalizações na categoria peso-galo afirmou se sentir muito feliz de lutar em casa. “É algo que me dá confiança, pois toda vez que lutei em Brasília me dei bem”.

Profissional desde 2002, Yahya refletiu sobre sua evolução como lutador. “Quando estreei como profissional, tinha 22 anos. Então, mudei muito. Hoje sou um homem, com muito mais experiência e bagagem. Minha condição física evoluiu com a idade, o que me tornou um melhor lutador”, refletiu.

Johnny Walker chega a Brasília em um momento pouco comum na carreira: uma derrota. Depois de mais de dois anos sem perder, o fluminense de Belford Roxo foi superado por Corey Anderson, na primeira derrota dele desde que passou a integrar o plantel do UFC. O revés, porém, teve explicação segundo o lutador: desentendimentos com o então técnico.

“Estava com a cabeça baleada na última luta e foi isso que aprendi. Entrei para a guerra, com os meus aliados contra mim. Tive uns estresses com meu treinador, já tinha uns sete meses que estava tendo problemas, tive problema na Tailândia”, explicou.

Agora, para o combate em Brasília, o lutador mudou os planos e até o país dos treinos preparatórios. “Vou fazer meu camp no Canadá, só que o coach é bom e a energia vai ser boa”, detalhou.

Em 2019, o irreverente lutador fluminense ficou marcado por se lesionar logo após bater Misha Cirkunov. Ao cair no chão do octógono para imitar uma minhoca, Walker sofreu uma luxação no ombro. A lesão, porém, foi leve e ele voltou às atividades normalmente pouco tempo depois.

Velho conhecido 
O potiguar Jussier Formiga conhece o Ginásio Nilson Nelson como poucos lutadores presentes no card do dia 14 de março. Afinal, foi no maior ginásio da capital federal que o segundo colocado do ranking dos pesos-mosca lutou pela última vez antes de se tornar atleta do UFC, no já distante ano de 2012, na vitória sobre Junior Abedi, em combate válido pelo Shooto Brasil.

Quatro anos depois, ele voltou à cidade, já contratado pela entidade norte-americana. No card, que teve como evento principal o embate entre a brasileira Cris Cyborg e a sueca Lina Lansberg, Formiga não decepcionou e bateu Dustin Ortiz por decisão unânime dos árbitros laterais.

Com o cenário da divisão embolado por conta da saída do campeão Henry Cejudo da categoria, Formiga espera que uma boa apresentação diante de Brandon Moreno o credencie para disputar o título entre os moscas.

“Então, o Cejudo não deve lutar mais por essa divisão. Teremos uma luta entre o Joseph Benavidez e o Deyvison Figueiredo que vai definir o novo campeão. Acho que o mais importante é fazer uma boa luta, mas com certeza, com uma vitória em Brasília eu me coloco em uma posição muito boa para disputar o cinturão”, ponderou.

Confira o card do UFC Brasília:
Peso-leve: Kevin Lee x Charles do Bronx
Peso-meio-médio: Demian Maia x Gilbert Durinho
Peso-meio-pesado: Johnny Walker x Nikita Krylov
Peso-palha: Amanda Ribas x Paige VanZant
Peso-leve: Renato Moicano x Damir Hadzovic
Peso-mosca: Maryna Moroz x Mayra Sheetara
Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira x Alexey Kunchenko
Peso-galo: Rani Yahya x Enrique Barzola
Peso-galo: Veronica Macedo x Bea Malecki
Peso-mosca: Jussier Formiga x Brandon Moreno
Peso-leve: Francisco Massaranduba x John Makdessi
Peso-mosca: Bruno Bulldoguinho x Su Mudaerji

 

 

Vídeos
Últimas notícias