Sem dar chances para o Japão, Brasil vence mais uma no vôlei feminino

Brasil fechou em 3x0 após parciais de 25/16, 25/18 e 26x24

atualizado 29/07/2021 9:31

Toru Hanai/Getty Images

A seleção brasileira feminina de vôlei segue voando dentro das quadras. Após duas grandes vitórias, o Brasil venceu o Japão por 3×0, nesta quinta-feira (29/7), e está invicto na competição. O triunfo sobre as donas da casa veio após dois sets tranquilos, 25×16 e 25×18, e um set bem complicado, em que as japonesas ficaram a frente durante quase toda a parcial.

Primeiro set com facilidade

O primeiro ponto foi feito pelo Japão. Veio o 1×0 e, posteriormente, um 2×1. E essas foram as únicas vezes que as japonesas lideraram o set. Depois, só deu Brasil, que abriu vantagem e não parou mais.

O bloqueio encaixou e os ataques, comandados por Fe Garay, também caiam na quadra adversária. Nem mesmo o tempo pedido pela equipe da casa diminuiu o ímpeto das brasileiras que, na ocasião, já tinha sete pontos a frente e liderava em 13×6.

E a vantagem só aumentava. Chegou a 11 quando o Japão desperdiçou um ataque e jogou para fora, 20×9. A partir daí, houve uma troca de pontos e o Brasil fechou o primeiro set, tranquilo, em 25×16, após um rali de 48 segundos.

Segunda parte do jogo também verde e amarela

O segundo set começou, também, com o Japão pontuando. As asiáticas fizeram 1×0, mas não demorou para que as brasileiras pegassem o bastão da liderança. Logo, o jogo passou para 3×1. Porém, não foi tão fácil como a primeira parcial. O jogo chegou ao empate em 9×9.

A partir daí, a superioridade verde e amarelo se mostrou presente novamente e o placar começou a ficar elástico. A vantagem chegou a sete pontos quando Gabi cravou o 17×10. Apesar de nova troca de pontos, o segundo tempo ficou com o Brasil, 25×18.

Mesmo com dificuldades, Brasil superou mais um adversário

O set derradeiro foi muito mais complicado. Jogando em casa, o Japão endureceu o jogo e ficou, em grande parte do tempo, a frente no placar. O Brasil passou a frente somente quando marcou o nono ponto, mas ficou por muito tempo. Logo logo, as japonesas pularam a frente e abriram três pontos de vantagem, 15×12.

Zé Roberto Guimarães foi obrigado a pedir um tempo e corrigir alguns erros de sua equipe. Parelho, o jogo seguiu até complicado até o final.

O Brasil pulou a frente no finalzinho e chegou a ficar com dois match points. Porém, o Japão conseguiu o empate em duas bolas de Ishikawa.

Novamente, o técnico brasileiro pediu tempo e resolveu o jogo. Gabi marcou os últimos dois pontos e garantiu mais um vitória ao Brasil.

Próximo embate

O próximo jogo do Brasil será contra a Sérvia, que lidera o grupo, no sábado, 31/7, às 4h25. As europeias venceram seus três jogos pelo placar de 3×0.

Vídeos
Últimas notícias