Torneio de Wimbledon será cancelado, garante federação de tênis

Dirki Hordorff, presidente da união alemã disse: "Não há dúvida sobre isso. Isso é necessário na situação atual"

atualizado 30/03/2020 17:03

O torneio de tênis de Wimbledon deve ser a mais nova vítima do coronavírus. A pandemia já suspendeu e adiou diversas competições esportivas. Nesta segunda-feira (30/03), o presidente da federação alemã de tênis, Dirki Hordorff, garantiu que o torneio será cancelado.

“As decisões necessárias já foram tomadas e Wimbledon decidirá cancelar na próxima quarta-feira (01/04). Não há dúvida sobre isso. Isso é necessário na situação atual”, explicou o alemão ao canal Sky Sports Germany.

Em comunicado publicado na última quarta (25/03), o All England Club, responsável pela organização do evento, descartou a possibilidade da realização do torneio sem público, com portões fechados. “A consideração mais importante é a saúde pública e estamos determinados a agir com responsabilidade por meio das decisões que tomamos”, disse o diretor executivo Richard Lewis, que ainda cogita o adiamento, além do cancelamento.

Inicialmente, o torneio de Wimbledon estava programado para começar em 29 de junho. Como lembrou O Globo, o clima na Inglaterra entre junho e julho é apropriado para o crescimento e fortalecimento da grama, terreno que as partidas seriam disputadas. E a decisão de adiamento do torneio poderia interferir na qualidade do piso.

Outra competição importante, o Roland Garros, que seria em maio, foi adiado para ocorrer entre 20 de setembro e 4 de outubro.

Vídeos
Últimas notícias