*
 

Rafael Nadal esteve perto de repetir nesta segunda-feira a decepção que sofreu na edição de 2012 de Wimbledon. No Grand Slam britânico daquele ano, ele foi eliminado de forma surpreendente pelo checo Lukas Rosol em cinco sets, logo na segunda rodada. Desta vez, ele se recuperou a tempo de vencer o rival em sua estreia no Torneio da Basileia, na Suíça.

Na modesta 92ª colocação, Rosol venceu o set inicial nesta segunda-feira e abriu 2/0 na segunda parcial antes de Nadal iniciar uma suada reação, finalizada somente no tie-break do terceiro set. O número sete do mundo venceu por 2 sets a 1, com parciais de 1/6, 7/5 e 7/6 (7/4), em 2h16min de partida.

Rosol iniciou melhor a partida e aproveitou as oscilações de Nadal, ainda sofrendo para buscar a regularidade, para levar a melhor no set inicial perdendo apenas um game – foram apenas nove perdidos pelo checo na parcial.

Embalado, ele manteve o ritmo no segundo set e obteve nova quebra de saque sobre Nadal. O espanhol tinha dificuldade no serviço – cedeu 12 break points ao rival em toda a partida. A vantagem foi mantida até que Rosol foi sacar para fechar o jogo, com placar em 5/4. Chegou a ficar a apenas dois pontos do triunfo. Mas sofreu a quebra e permitiu a virada do espanhol no set.

Com o empate, Nadal cresceu na partida. Quebrou o saque do checo no início do terceiro set e emplacou sete games em sequência, desde a parcial anterior. Perdendo de 4/1, Rosol buscou a igualdade em 4/4 e forçou a disputa do tie-break. Nos pontos decisivos, Nadal fez valer sua experiência, decretando a eliminação do adversário.

Na segunda rodada, o tenista da Espanha vai enfrentar o vencedor do confronto entre o búlgaro Grigor Dimitrov e o ucraniano Sergiy Stakhovsky. Se avançar, Nadal poderá cruzar com o croata Marin Cilic nas quartas de final.

Ainda nesta segunda, o austríaco Dominic Thiem derrotou o holandês Robin Haase por 0/6, 7/6 (7/5) e 7/5, enquanto o francês Adrian Mannarino superou o sérvio Viktor Troicki por 4/6, 7/5 e 7/6 (7/3).

Nesta terça-feira, o atual campeão Roger Federer fará sua estreia, diante de sua torcida. Terá pela frente o casaque Mikhail Kukushkin, atual 64º do ranking. O tenista da casa, número três do mundo, busca seu sétimo título na quadra dura da Basileia. A competição tem ainda outro local, Stan Wawrinka, que deve estrear na quarta, e o francês Richard Gasquet.