São Paulo derrota o Internacional e volta a sonhar com a Libertadores

Gabriel Sara marcou o gol aos 4 minutos do 1° tempo e equipe de Rogério Ceni subiu para a 11ª posição. Inter continua na 6ª colocação

atualizado 31/10/2021 20:52

Ricardo Duarte/Internacional (via Fotos Públicas)

O São Paulo derrotou o Internacional neste domingo (31/10), em casa, e voltou a vencer no Brasileirão. Gabriel Sara fez no início do primeiro tempo o gol que assegurou a vitória por 1 a 0 no Morumbi. O time gaúcho sofreu com muitos desfalques – teve apenas seis suplentes no banco – e foi inferior diante do rival paulista, que não foi capaz de construir um placar mais confortável graças à pontaria ruim de seus homens de frente.

A equipe de Rogério Ceni passou a somar 37 pontos na tabela de classificação e subiu para a 11ª colocação. Está mais próximo do grupo embolado de times que brigam por uma vaga na fase prévia da Libertadores. O Inter encerrou com mais um tropeço o seu minicampeonato contra paulistas. Nos últimos quatro jogos, foi derrotado por Palmeiras e São Paulo e empatou com Bragantino e Corinthians. Com isso, estacionou nos 41 pontos e não consegue progredir na tabela. Está na sexta colocação, mas pode perder o posto para o Corinthians, que encara a lanterna Chapecoense em casa nesta segunda-feira.

Após a sequência negativa diante dos paulistas, o Inter tenta se recuperar no Brasileirão contra o seu maior rival, o Grêmio, que está em crise, na penúltima colocação e no caminho de ser rebaixado. O Gre-Nal está marcado para o próximo sábado, às 19 horas, no Beira-Rio. Domingo, às 18h15, o São Paulo visita o Bahia na Arena Fonte Nova. Os dois jogos são válidos pela 30ª rodada.

O começo dominante do São Paulo foi determinante para o resultado. Armado com três zagueiros – Miranda, Arboleda e Léo – o time de Rogério Ceni foi intenso, dominou o rival nos primeiros instantes e abriu o placar com quatro minutos. Léo acionou Reinaldo, que deu tocou para Gabriel Sara ganhar de Rodrigo Lindoso na corrida e chutou cruzado na saída de Marcelo Lomba: 1 a 0.

Os anfitriões continuaram melhor em campo, mais organizados e com amplo volume de jogo. Contra um rival um pouco perdido sem três de seus principais atletas – Taison, preservado, Patrick, suspenso, e Yuri Alberto, lesionado – o São Paulo criou para fazer ao menos o segundo gol.

Gabriel Sara levou perigo em cabeceio para fora, Reinaldo exibiu boa defesa de Lomba, Igor Gomes arrematou da entrada da área perto do gol e Sara, de novo, assustou em conclusão dentro da área.

A melhor oportunidade do Inter saiu dos pés de Rodrigo Lindoso. O volante bateu de fora da área e acertou o travessão de Tiago Volpi. No fim, Rigoni teve a chance mais clara, mas opinou por enfeitar o lance e executou mal a sua ideia. O argentino saiu na cara de Lomba e tentou um toque por cobertura, fraco, nas mãos do goleiro colorado.

Na etapa final, o roteiro foi parecido. O São Paulo controlou as ações, criou oportunidades para balançar as redes mais vezes, mas não o fez. O Inter apresentou melhora em relação à primeira etapa. Levou perigo a Volpi em arremates da intermediária após as substituições de Aguirre, que lançou mão de seus quatro jogadores de linha que tinha à disposição no banco de reservas. Taison, Patrick e especialmente Yuri Alberto, que sentiu no aquecimento, fizeram muita falta aos gaúchos.

Desagrupado, o Inter deu espaços, que o São Paulo, porém, não aproveitou em virtude da falta de calibragem no arremate. Rigoni bateu para fora, Igor Gomes, um novo jogador com Ceni, fez Lomba trabalhar em chute de primeira e Luciano perdeu um gol incrível na frente do goleiro colorado. Ele não marca há oito gols e saiu incomodado quando foi substituído por Marquinhos. Benítez, outro que entrou no segundo tempo, também não estava com o pé calibrado. O argentino isolou a primeira tentativa e mandou por cima do gol a segunda.

Nos minutos finais, os visitantes subiram a marcação e tentaram uma pressão final. Sem criatividade, foram barrados pela defesa tricolor, comandada por Miranda, que fez uma partida impecável. Os 20 mil torcedores no Morumbi comemoraram efusivamente o suado triunfo em casa.

SÃO PAULO 1 x 0 INTERNACIONAL

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO – Tiago Volpi; Arboleda, Miranda e Leo; Orejuela (Igor Vinícius), Liziero, Igor Gomes (Eder), Gabriel Sara e Reinaldo (Bruno Alves); Luciano (Marquinhos) e Rigoni (Benítez). Técnico: Rogério Ceni.

INTERNACIONAL – Marcelo Lomba; Saravia (Zé Gabriel), Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Paulo Victor (Kaíque); Johnny, Rodrigo Lindoso, Edenilson, Boschilia (Caio Vidal) e Mauricio; Juan Cuesta (Gustavo Maia). Técnico: Diego Aguirre.

GOL – Gabriel Sara, aos 4 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO – Andre Luiz de Freitas Castro (GO).

CARTÕES AMARELOS – Victor Cuesta, Kaíque

PÚBLICO – 19.867 torcedores

RENDA – R$ 895.755,00

LOCAL – Estádio do Morumbi.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias