*

Mais lidas

Encerramento dos Jogos Paralímpicos é marcado por festa e protesto

O evento começou por volta das 20h deste domingo, no Maracanã, com o show de Gaby Amarantos. Ricardinho carregou a bandeira do Brasil. O presidente Michel Temer (PMDB) não foi ao evento

Getty Images
Manoela Alcântara
 

Depois de 11 dias de competição, as Paralimpíadas se despedem do Brasil. A cerimônia de encerramento começou por volta das 20h e deixou o Maracanã colorido e iluminado. Mesmo não ficando dentro da meta da direção brasileira, a oitava posição trouxe 72 medalhas para o país, o melhor resultado do Brasil na história dos Jogos Paralímpicos.

Em uma festa com a cultura brasileira como ponto alto, a cantora de tecnobrega Gaby Amarantos abriu o evento. Bombeiros chegaram carregando a bandeira brasileira para ser hasteada no Maracanã. Saulo Lucas interpretou o Hino Nacional Brasileiro e Ricardinho carregou a bandeira do Brasil para compor o quadro com todas as outras nacionalidades.

O presidente Michel Temer (PMDB) não foi ao evento, mas o grupo Nação Zumbi protestou no palco ao virar a guitarra para as câmeras com os dizeres: Fora Temer!


Vanessa da Mata, Ivete Sangalo, Saulo Fernandes e Armandinho deram ainda mais graça à noite. Durante a festa foi feita uma retrospectiva com os melhores momentos da competição. O próximo destino agora é Tóquio, em 2020.

 

 

 

COMENTE

rio2016jogosparalimpíadasencerramento paralimpíadas
comunicar erro à redação

Leia mais: Paralimpíadas