Medina estreia com vitória em competição obrigatória para Tóquio–2020

Na segunda rodada, o brasileiro terá pela frente o equatoriano Israel Barona, o sul-africano Michael February e Bruce Mackie, de Barbados

Matt Roberts/Getty Images

atualizado 11/09/2019 19:13

Depois da estreia cheia de imprevistos de Italo Ferreira, Gabriel Medina estreou com vitória e sem sustos nos Jogos Mundiais da ISA (Associação Internacional de Surfe), no Japão, nesta quarta-feira (11/09/2019). O evento, disputado na praia de Kisakihama, Miyazaki, é pré-requisito para os surfistas interessados em defender seus países nos Jogos Olímpicos de Tóquio–2020.

Mesmo diante de ondas pequenas, Medina venceu sua bateria com 13,50, derrotando o argentino Martín Passeri (11,13), o mexicano Jhony Corzo (9,40) e Cheyne Purcell (4,90), de Guam. Na segunda rodada, o brasileiro terá pela frente o equatoriano Israel Barona, o sul-africano Michael February e Bruce Mackie, de Barbados.

A competição conta também com os brasileiros Italo Ferreira e Filipe Toledo. Ambos estrearam na terça. O surfista teve uma série de problemas para chegar ao Japão e desembarcou em Miyazaki em cima da hora. Foi direto do aeroporto para a praia e chegou quando a sua bateria já estava no final, mas conseguiu avançar. Filipinho também venceu na estreia.

Os três surfistas têm o objetivo de representar o Brasil na Olimpíada do próximo ano. No entanto, somente dois poderão competir, segundo os limites impostos pela organização da competição de surfe em Tóquio–2020.

O ranking do circuito mundial da atual temporada será o principal critério para a classificação olímpica. E, no momento, Medina e Filipinho estão aptos a entrar no torneio olímpico. Filipinho, por sinal, lidera o ranking do ano. Medina é o quarto colocado. Italo ocupa a sexta posição e tenta esquentar a briga nas últimas etapas do circuito.

Vídeos
Últimas notícias