Zagueiro acusado de racismo diz que sua família está sofrendo ameaças

Juan Cala, do Cádiz, da Espanha, foi acusado de ter feito ofensas raciais contra Mouctar Diakhaby, do Valência

atualizado 06/04/2021 17:53

Acusação de racismo no Campeonato EspanholTwitter/Valencia

A acusação de racismo por parte do francês Mouctar Diakhaby contra  o zagueiro Juan Cala, na partida entre Cádiz e Valência, segue tendo repercussões. Nesta terça-feira, o acusado disse que sua família foi vítima de ameaças após o ocorrido no último domingo (4/4).

O jogador do Cádiz fez a afirmação em entrevista coletiva e também afirmou que está sofrendo linchamento pelo caso. Cala se defendeu e disse que não ofendeu o defensor francês. “Temos recebido todo tipo de ameaça, mas entendo que isso faz parte do circo que foi montado”, afirmou.

A acusação ocorreu por parte de Diakhaby por volta dos 30 minutos da partida desse domingo. Após um desentendimento com Cala, Diakhaby afirmou que o zagueiro teria feito ofensas raciais contra ele. O jogador saiu de campo, acompanhado pelo time do Valencia, que retornou logo depois, mas o francês foi substituído.

A federação espanhola abriu uma investigação sobre o caso.

 

Vídeos
Últimas notícias