Vídeo vazado mostra técnico de Camarões explicando dispensa de goleiro

Após a primeira partida da Copa do Mundo, contra a Suíça, André Onana foi cortado da seleção de Camarões. Os dois condenaram a publicação

atualizado 08/12/2022 21:51

Vídeo vazado mostra momento que técnico de Camarões dispensa goleiro - Metrópoles Sebastian Frej/MB Media/Getty Images

Camarões deixou a Copa do Mundo na primeira fase, mas uma polêmica durante a participação da seleção africana no Catar ainda continua dando muito o que falar. Isso porque, nesta quinta-feira (8/12), o vídeo em que o técnico Rigobert Song dispensa o goleiro André Onana viralizou nas redes sociais. O goleiro foi cortado após jogar na estreia da competição por indisciplina.

“Vincent Aboubakar, Choupo-Moting e Zambo são os cabeças do time e eu falo com eles, você é quem, que eu não posso falar com você? Parei de treinar, pedi para todo mundo ir pro vestiário e disse: ‘Vocês estragaram meu treino'”, explica o comandante, que estava em sua casa, a uma pessoa não identificada.

Song, então, revela que Onana conversou com Samuel Eto’o, presidente da federação camaronesa de futebol. “O presidente (Samuel Eto’o) estava na arquibancada, viu tudo. No hotel, em vez de ele vir falar comigo, ele foi falar com o presidente. E o presidente o mandou não sei para onde… Ele não conhece o homem”, completou.

Na sequência, o comandante detalha um pouco mais sobre o caso e revela a reação do goleiro. “Então falei para o Onana: ‘Não quero mais trabalhar com você’, e ele começou a chorar. Eu disse: ‘Meu pequeno, não tenho tempo para isso, estou preparando uma partida. Ontem te liguei, você não veio. Um falso problema hein…'”, continuou Song.

Após o vídeo viralizar nas redes sociais, André Onana reagiu ao vídeo e se mostrou contrário à publicação. “Num mundo onde mentir é a coisa mais comum, dizer a verdade te faz um revolucionário. Mas no final, o tempo coloca tudo em seu devido lugar”, escreveu.

Já Rigobert Song, comunicou que o vídeo foi feito sem o seu consentimento. “Um vídeo amador de pouco mais de 90 segundos inundou a rede e se tornou viral. O clipe foi filmado ontem, sem eu saber, em minha casa, por uma terceira pessoa que veio acompanhar meu irmão mais velho, que queria saber mais detalhes sobre a dispensa do goleiro titular de Camarões. Não fazia ideia que estávamos sendo filmados”, relatou.

O comandante afirmou que entrará na Justiça contra a pessoa que gravou o vídeo. “O clamor geral que a transmissão desta conversa causa mostra que sua comunicação em massa tinha como objetivo final violar a minha privacidade. Condenando e decisivo a processar o autor deste ato hediondo, reitero meu compromisso inabalável com os Leões Indomáveis”, finalizou.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias