Torcida do Corinthians protesta após derrota para o arquirrival Palmeiras

Grupo de 200 torcedores se posicionou em um portão da arena do time. Alvos eram o treinador Tiago Nunes, jogadores e o presidente

atualizado 10/09/2020 23:31

Tiago Nunes, técnico do CorinthiansMARCO GALVÃO/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

O Corinthians perdeu o dérbi paulista para o Palmeiras nesta quinta-feira (10/9). E como era de se esperar, a torcida corintiana não engoliu bem a derrota para o arquirrival. Cerca de 200 torcedores protestaram em um dos portões da Neo Química Arena. E sobrou para quase todo mundo.

Lesionado e fora do clássico, Luan foi alvo de críticas dos torcedores. O técnico Tiago Nunes e o presidente Andrés Sanchez  não escaparam da fúria da torcida. E nomes queridos do torcedor, como o goleiro Cássio e o lateral Fagner, expulso na partida, também não foram poupados.

O Corinthians é o 13º colocado do Campeonato Brasileiro, com nove pontos. Na próxima rodada, o time de Tiago Nunes vai até o Maracanã encarar o Fluminense.

Vídeos
Últimas notícias