*
 
O técnico Tite defendeu Neymar nesta segunda-feira (2/7) após as declarações polêmicas do treinador do México, o colombiano Juan Carlos Osorio. Depois da vitória por 2 x 0 e da classificação obtida em Samara, para as quartas de final da Copa do Mundo da Rússia, o treinador afirmou que as imagens da televisão comprovam que houve agressão ao craque.

O lance causador da divergência ocorreu no segundo tempo. Neymar e Miguel Layún disputaram a bola e, após o brasileiro cair no gramado, o mexicano pisou no tornozelo dele. Osorio classificou o incidente como “palhaçada” e criticou a demora do árbitro, o italiano Gianluca Rocchi, em reiniciar a partida. Houve quatro minutos de paralisação.

Tite não deixou Neymar responder uma pergunta sobre a declaração de Osorio e depois reiterou ter existido violência no lance com Layún. “Eu não vou responder ao Osorio, eu vi o lance e ele pode ver também. Todos que estão me assistindo tirem sua conclusão, o vídeo está aí. A imagem nós não questionamos”, afirmou. Apesar do incidente em campo, não houve cartões para jogadores brasileiros.

Tite defendeu o astro brasileiro das críticas de que simula muitas faltas. “O Neymar joga bola. Ele não pisa nos adversários, mas pisaram nele. Eu estava do lado, eu vi e depois revi pela televisão. Não precisa falar, é só olhar”, afirmou. O camisa 10 do Brasil foi o destaque do jogo ao fazer o primeiro gol, no começo do segundo tempo, e dar assistência para Firmino marcar o segundo.

Em outro momento, Tite afirmou que tem visto Neymar evoluir e se irritar menos com faltas e críticas.


“Neymar está melhorando nesse aspecto. Tem que ficar focado. Quando gastamos energia em outras situações que não seja jogar, perde o foco. Ele gosta de jogar, gosta do drible, às vezes tem incompreensão dos adversários porque é muito ágil, rápido. É pecado driblar? Ou buscar jogada individual?"
Tite, técnico do Brasil

A Seleção Brasileira retorna para Sochi logo depois da partida e vai para os últimos dias em sua cidade na Rússia. Para esta sexta-feira (6), a equipe já tem compromisso, pelas quartas de final da Copa, em Kazan. Por isso, deve se despedir da cidade litorânea na quarta (4).