Renato Gaúcho desmente renovação: “Nem comecei a conversar”

Segundo o treinador do Grêmio, o foco, neste momento, é a classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores do ano que vem

LUCAS UEBEL/GREMIO FBPALUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

atualizado 22/11/2019 15:35

A permanência de Renato Gaúcho no Grêmio ainda não está definida. Segundo o próprio treinador, as conversas para que ele renove o seu contrato com o clube gaúcho ainda nem sequer começaram e o foco, no momento, é a classificação à fase de grupos da Copa Libertadores.

“Quando eu renovar ou não, vocês vão saber. Desde já falo, nem comecei a conversar porque o mais importante é o G4. É a coisa mais importante que temos em vista, colocarmos o Grêmio na Libertadores direta no ano que vem”, afirmou o treinador em entrevista coletiva nesta sexta-feira (22/11/2019). Ele, porém, garantiu que a renovação com o Grêmio tende a ser fácil e rápida.

“Pode ser algo simples, conversa rápida com a diretoria, sem problema algum, meu procurador. E resolvemos rapidinho”, garantiu. Renato Gaúcho está no comando do Grêmio há três anos e dois meses e é o treinador mais longevo da Série A. Nesse período, conquistou Copa do Brasil, Libertadores, Recopa Sul-Americana e foi duas vezes campeão gaúcho.

Um dos motivos para que o treinador continue à frente do time gaúcho são a sua idolatria perante a torcida e boa relação com a diretoria. Ele e o presidente Romildo Bolzan tiveram uma reunião durante o treinamento de quinta-feira (21/11/2019). A conversa, segundo Renato, não foi para tratar a sua continuidade no Grêmio.

“Sempre converso com o presidente, quando ele aparece, a gente sempre faz isso, assistimos ao treino e conversamos. Depois tomamos um café aqui dentro. Trocamos algumas ideias como sempre fazemos. Tenho livre acesso ao presidente, sempre procuramos conversar para melhorar o clube. É uma conversa diária”, argumentou.

Renato Gaúcho tem contrato com o clube gaúcho até o final desta temporada e a tendência é de que estenda o vínculo por mais um ano.

Treino
O treinador comandou na manhã desta sexta-feira a penúltima atividade antes da partida contra o Palmeiras, marcada para este domingo (24/11/2019), às 16h, no estádio Allianz Parque. Boa parte do trabalho foi fechado e, quando os portões foram abertos, os jogadores estavam misturados em um trabalho técnico em campo reduzido.

O zagueiro argentino Kannemann e o atacante Alisson não participaram do treino, mas não preocupam para o jogo. Se os dois estiverem em condições de jogo, Renato Gaúcho terá força máxima para a partida em São Paulo. O Grêmio tem 56 pontos e ocupa a quarta posição. É, portanto, no momento, o último time a garantir vaga na fase de grupos da Libertadores.

Últimas notícias