Preocupados com gramados, chilenos consideram treinar em Santiago

Segundo jornal "La Tercera", as más condições dos gramados de Cuiabá teriam causado as lesões de Pulgar e Maripán

atualizado 23/06/2021 17:04

Seleção chilenaMiguel Schincariol/Getty Images

Os gramados da Copa América seguem nos holofotes de maneira negativa. Agora, foi a vez da Seleção Chilena mostrar insatisfação com a qualidade com os campos oferecidos para partidas e treinos. O descontentamento chega ao ponto da delegação chilena considerar retornar à Santiago só para treinar. A informação é do jornal chileno “La Tercera”.

Segundo o jornal, a “La Roja” ainda considerou a possibilidade de permanecer em Florianópolis, em Santa Catarina, ou em Itu, interior de São Paulo, após deixar Cuiabá, onde esteve para a preparação e o jogo contra o Uruguai nesta segunda (21/6).

As más condições do gramado onde a seleção chilena treinou na capital mato-grossense teriam causado inclusive, de acordo com a publicação, as lesões de Erick Pulgar e Maripán.

Essa não é a primeira vez que a qualidade dos gramados da Copa América são criticados. Lionel Messi criticou o as condições do Nilton Santos logo após o empate me 1 x 1 com o Chile. O argumento do camisa 10 foi corroborado pelo treinador Lionel Scaloni.

Depois foi a vez de Neymar utilizar as redes sociais para ironizar a qualidade do campo no Nilton Santos. Tite reiterou as críticas à qualidade do gramado do estádio, que será palco de Brasil e Colômbia nesta quarta-feira (23/6).

O Chile volta á campo nesta quinta (24/6), contra o Paraguai no estádio Mané Garrincha.

Vídeos
Mais lidas
Últimas notícias