No carnê: Vasco faz acordo para pagar dívidas de 2017 a funcionários

O clube de São Januário vai quitar o valor em duas vezes para aqueles que recebem até R$ 1 mil. Outros receberão em até seis vezes

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 16/07/2019 18:59

A diretoria do Vasco chegou a um acordo nesta terça-feira (16/07/2019) para saldar dívidas contraídas em 2017 com funcionários. O clube deve salários referentes ao mês de dezembro, férias e 13º daquele ano. E vai começar a pagar estes valores em parcelas, a partir do mês de agosto deste ano.

Pela negociação acertada entre as partes, o clube de São Januário vai pagar a dívida em duas vezes para aqueles funcionários que recebem até R$ 1 mil. Para quem ganha entre R$ 1 mil e R$ 5 mil, a pendência financeira será quitada em quatro vezes. E, para funcionários com vencimentos acima de R$ 5 mil, a divisão será em seis parcelas.

Funcionários e o clube chegaram a um acordo após os primeiros fazerem greve em junho. O vasco ainda deve os salários relativos a maio e junho deste ano aos funcionários. Já, em relação a situação dos jogadores, o clube pagou um mês de atraso na semana passada.

A expectativa geral no clube é de que estas dívidas sejam quitadas o quanto antes porque o Vasco conseguiu aprovar um empréstimo de R$ 20 milhões recentemente. Ao mesmo tempo, no próximo mês, a situação financeira deve ser aliviada pela entrada dos valores referentes às cotas de televisão.

Últimas notícias