Holan lamenta “sufoco” sofrido pelo Santos: “Podíamos ter resolvido”

Equipe brasileira parecia que encaminharia classificação fácil, mas sofreu na 2ª etapa, mesmo com um a mais

atualizado 14/04/2021 1:12

Alexandre Schneider/Getty Images

Para encaminhar a classificação para a fase de grupos da Libertadores, o Santos demonstrou duas facetas na noite dessa quarta (14/4), no Mané Garrincha. A primeira, principalmente no 1º tempo, foi a de um Santos que soube aproveitar os espaços deixados pelo San Lorenzo e, quando pressionado, esperou pacientemente para criar contra-ataques e (quase) matar o jogo. No 2º tempo, no entanto, o Alvinegro praiano permitiu o empate e foi pressionado pelos argentinos, levando sustos no final da partida. O técnico Ariel Holan analisou a situação.

“Foi um jogo que podíamos ter resolvido muito antes. Tivemos as chances nos contra-ataques, abrimos o 2 x 0, mas quando o San Lorenzo viu que ficaria fora, colocou muito esforço para pressionar com 10 jogadores e ir para frente. Não fizemos nos contra-ataques, o San Lorenzo fez um, fez o segundo e complicou um pouco. Temos muito do que aprender em cima deste jogo”, disse o argentino em coletiva após a partida.

Holan também explicou algumas mudanças feitas na equipe em relação ao time que fez 3 x 1 no jogo de ida, na Argentina, na semana passada: colocou Madson e Soteldo nos lugares de Vinícius Balieiro e Lucas Braga, e improvisou Pará pela esquerda e Felipe Jonatan como segundo volante.

“Ivonei vem de uma lesão, ainda não jogou depois. A gente trabalhou com o Felipe em Atibaia para ele ser uma opção, íamos ganhar altura com o Madson na direita, seria importante para nos defendermos melhor contra o San Lorenzo, um time alto. Essa foi a razão. Mas não foi uma improvisação, foi algo que trabalhamos. Esperamos que o Ivonei já possa jogar o próximo jogo”, concluiu Holan.

Com a classificação na Libertadores, o Santos entrará no grupo C e se junta a Boca Juniors, Barcelona de Guayaquil e The Strongest. A próxima partida do Peixe no torneio sul-americano é no dia 20, contra o Barcelona, na Vila Belmiro.

Vídeos
Últimas notícias