*
 

Willian exaltou o espírito de luta da Seleção Brasileira e comemorou a boa atuação dele e da equipe na vitória por 2 x 0 sobre o México, nesta segunda-feira (2/7), em Samara. O meia participou do gol que abriu o placar ao receber passe de calcanhar de Neymar, invadir a área e tocar de volta para o atacante finalizar de carrinho.

“Lutamos os 90 minutos. O time brigou, jogou muito bem. Soube jogar com a bola e sem. Copa do Mundo é isso, tem de brigar até o final, os 90 ou 95 minutos. Time todo está de parabéns”, receitou o meio-campista logo após a partida, em entrevista ainda no gramado. Ao ouvir o apelido de “foguetinho”, dado pelo técnico Tite, Willian sorriu.

“Fico feliz pelo apelido carinhoso. Mais importante é o time vencer. Estou feliz pela vitória e atuação de toda a equipe”, comentou o meio-campista após o jogo realizado em Samara, polo da indústria aeroespacial da Rússia. Autor do segundo gol brasileiro, Firmino foi outro a comemorar o resultado.

Felicidade
“Muito feliz pela vitória, pelo empenho e por toda equipe. Apresentamos futebol incrível, de garra e luta. Continuar nessa crescente. O primeiro tempo foi meio apertado. No segundo, fizemos um gol, eles tiveram de sair e pudemos matar o jogo no contra-ataque”, analisou o atacante, que saiu do banco de reservas e entrou em três partidas do Brasil neste Mundial.

“Quero estar sempre jogando para ajudar a Seleção do jeito que a Seleção optar. Vou dar meu melhor quando entrar, pode ser até junto do Gabriel (Jesus)”, disse Firmino, que citou o centroavante titular do Brasil, com quem terminou a partida contra o México jogando junto. (Com informações da Agência Estado)