Fla admite possibilidade de construir estádio para 100 mil torcedores

O vice-presidente geral e jurídico de Flamengo afirmou possibilidade devido à criação de um setor popular e ingressos mais baratos

Com o desejo de ter um estádio próprio, Rodrigo Dunshee, vice-presidente geral e jurídico de Flamengo, admitiu que existe a possibilidade da construção de um estádio para mais de 100 mil torcedores. O clube carioca negocia a compra do terreno do antigo Gasômetro diretamente com Daniella Marques, presidente da Caixa Econômica Federal.

“Dá (para se pensar em um estádio com capacidade para 100 mil pessoas). O Landim, que é um cara admirável, não pensa pequeno e é muito responsável. Sabe o que está fazendo. Sabe que o Flamengo é muito grande.” comentou Dunshee em entrevista ao “Charla Podcast”.

Show Player

A justificativa para a capacidade é a ideia da criação de um setor popular. Além disso, destacou a importância da arrecadação com bilheteria ao dizer que ela ajuda na manutenção de uma equipe fortalecida.

“Os Estados Unidos só estão fazendo estádios para 100 mil, 120 mil pessoas. Com um estádio pequeno você acaba precisando elevar o preço dos ingressos. Não dá para fazer uma área mais popular, que é importante ter. Não tem como cobrar só valor baixo. Não tem como… Querer ter Arrascaeta, Gabigol, todo nosso time, e cobrar (valor baixo). Eu entendo a torcida reclamar. Mas, assim, não dá. Se tiver um estádio de 100 mil, 120 mil pessoas, dá para ter um espaço mais popular. ” completou.

O dirigente afirmou que existe todo um planejamento para tirar a ideia do papel, porém, alertou que a construção de estádio é um processo demorado e destacou foco na licitação do Maracanã no momento.

“O estádio é uma coisa que demora quatro, cinco anos para ser feito. Agora, estamos muito focados na licitação do Maracanã. São duas coisas que vão andar paralelas. Uma coisa não exclui a outra.”

Sobre o Maracanã, o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, também falou sobre o assunto onde afirmou que, em parceria com o Fluminense, a licitação do Maraca é prioridade.

“Estamos aguardando o processo licitatório, mas não sabemos exatamente o que vai sair. Nós vamos participar do processo licitatório do Maracanã, isso é certo. Já fechamos um acordo com o Fluminense, que é nosso parceiro desde o início do processo. Estamos felizes com a relação.” disse Landim.