Fernando Torres é suspeito de atuar como treinador sem licença

Ex-atacante espanhol atua nas categorias de base do Atlético de Madrid, ele foi denunciado pelo proprietário da Academia de Treinadores

atualizado 22/09/2021 17:53

Fernando TorresLaurence Griffiths/Getty Images

O ex-atacante espanhol, Fernando Torres, foi denunciado nesta quarta-feira  (22/9) por atuar como treinador nas categorias de base do Atlético de Madrid sem licença. A denúncia foi feita por Míguel Angel Galán, proprietário da Academia de Treinadores CENAFE.

Miguel afirmou em seu Twitter que havia alertado o clube sobre o risco da denúncia, mas como não houve nenhuma providência, teve que tomar uma atitude sobre a situação.

“Após ter alertado o Atlético de Madrid em várias ocasiões, fui obrigado a denunciar Fernando José Sanz Torres por exercer sem a qualificação exigida e Ricardo Ortega García por emprestar o título a ele”, escreveu.

 

Pelo que consta na denúncia, Torres estava atuando como treinador de uma das categorias de base Colchonera sem a documentação necessária para tal.

Em matéria publicada no jornal espanhol “AS”, o clube afirmou que o El Niño era o segundo treinador do clube, e que teria a documentação adequada para o cargo. Galán, no entanto, afirma que na prática Torres tem usado a documentação de Ortega, que possui os requisitos para ser treinador, mas que acaba sendo auxiliar enquanto o ex-atacante cumpre o papel de técnico.

A matéria ainda relembra que a situação é semelhante ao que aconteceu com Zinedine Zidane, enquanto treinava o Real Madrid Castilla em 2014.

Vídeos
Últimas notícias