Elenco do Cruzeiro cumpre greve e não se reapresenta para treino

Somente aqueles que precisavam fazer tratamento no Departamento Médico — Wellington Nem, Flávio, Marcinho e Henrique — estiveram no clube

atualizado 14/10/2021 16:54

Luxemburgo CruzeiroBruno Haddad/Cruzeiro

Após a publicação de carta, nessa quarta-feira (13/10), avisando que haveria paralisação de jogadores e alguns funcionários do Cruzeiro por causa de salários atrasados, o elenco não se reapresentou nesta quinta (14/10).

Os atletas tiveram folga depois do empate sem gols com o Botafogo na terça (12/10), divulgaram o manifesto, notificando que fariam greve e assim fizeram. Ninguém apareceu na Toca da Raposa para o treino.

A assessoria do clube informou ao Globoesporte.com que somente aqueles que precisavam fazer tratamento no Departamento Médico — Wellington Nem, Flávio, Marcinho e Henrique — estiveram no clube pela manhã.

O funcionamento do clube, no entanto, não sofreu alteração. Funcionários como o cortador de grama, porteiros, administrativos e massagistas foram trabalhar normalmente.

Os jogadores só voltarão aos treinos quando os salários forem pagos. “Faremos a paralisação dos treinamentos em voz a todos os colaboradores que amam o clube e estão desamparados”, constava na carta.

A próxima partida do Cruzeiro será no dia 22, sexta-feira, contra o Avaí, fora de casa, às 21h30.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Vídeos
Últimas notícias