Com volta de Tardelli, Renato encaminha time gremista para sábado

Tardelli foi o autor do gol que garantiu o empate por 3 x 3 com a Chapecoense, na última segunda-feira

Buda Mendes/Getty ImagesBuda Mendes/Getty Images

atualizado 08/08/2019 20:12

Em um treino que contou com o retorno do atacante Diego Tardelli, que havia ficado fora da atividade realizada no dia anterior, o técnico Renato Gaúcho encaminhou, na tarde desta quinta-feira (08/08/2019), o time do Grêmio que vai enfrentar o Flamengo no sábado (10/08/2019), às 19h, no Maracanã, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A parte inicial do treinamento foi fechada, mas no período em que o trabalho foi liberado para a presença da imprensa foi possível ver Tardelli em campo. O jogador havia gerado dúvidas sobre as suas condições físicas ao não participar do treino de quarta, mas agora mostrou que deverá ser confirmado entre os jogadores relacionados para encarar os flamenguistas no Rio.

Tardelli foi o autor do gol que garantiu o empate por 3 x 3 com a Chapecoense, na última segunda-feira, em Porto Alegre, pela 13ª rodada do Brasileirão. E apenas nesta quinta cumpriu o seu primeiro treinamento completo com o restante do elenco nesta semana.

Ao fechar a parte tática que dirigiu no treinamento, Renato não deu pistas da escalação gremista para sábado, mas a tendência é a de que ele poupe titulares visando o duelo com o Athletico-PR, quarta-feira, na capital gaúcha, pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil.

Para esta partida de sábado, o Grêmio não poderá contar com Pedro Geromel, Maicon e Alisson, todos suspensos por causa do terceiro cartão amarelo. É possível que Luciano, recém-contratado do Fluminense, faça sua estreia com a camisa gremista no Maracanã. O time provável deverá formar com: Julio César; Galhardo, Paulo Miranda, David Braz e Juninho Capixaba; Darlan, Thaciano, Luciano, Luan e Pepê; Tardelli.

O zagueiro David Braz, que vai ficar com a vaga de Pedro Geromel na zaga, relembrou nesta quinta-feira, em entrevista coletiva, o seu gol marcado pelo Flamengo contra o Grêmio, há dez anos, que ajudou o time carioca a ganhar o título nacional daquele ano.

“Vai ser especial voltar ao mesmo palco daquela decisão. Agradeço muito ao Flamengo pela oportunidade, mas agora estou do outro lado e quero fazer história também aqui no Grêmio. Aquela foi uma decisão. Este jogo não é decisivo, mas todo jogo no Brasileiro é uma decisão. Sempre é preciso pontuar e é isso que vamos buscar lá no Maracanã”, projetou o defensor.

No confronto realizado em 2009, em um Maracanã com 84.448 torcedores, Roberson abriu o placar para o time gaúcho, aos 21 minutos de jogo. O Flamengo precisava da vitória para superar o Internacional na classificação final do Brasileirão e conseguiu a virada com gols de David Braz, aos 29 minutos da etapa inicial, e Ronaldo Angelim, aos 24 do segundo. O time da Gávea terminou com 67 pontos, dois a mais que a equipe colorada e o São Paulo.

Nesta edição do Campeonato Brasileiro, o time gremista é o 13º colocado, com 17 pontos, enquanto o Flamengo soma 24, na terceira colocação.

Com a queda de Mano Menezes do comando do Cruzeiro, Renato Gaúcho se tornou o técnico mais longevo do futebol nacional na atualidade, com dois anos e 11 meses à frente do Grêmio. Rogério Ceni (Fortaleza) e Odair Hellmann (Internacional) vêm na sequência com um ano e nove meses.

Últimas notícias