Brasileiro quebra nariz de argentino em bar após provocação por 7 x 1

O turista provocou a confusão na cidade de San Martin de los Andes e agrediu um morador local. Ele foi detido e não pode deixar a cidade

Felipe Dana/Getty ImagesFelipe Dana/Getty Images

atualizado 13/08/2019 17:25

Uma confusão generalizada em um bar na cidade de San Martin de los Andes, na Argentina, provocou repercussão internacional por um motivo nada comum. Na última quarta-feira (07/08/2019), um grupo de 18 pessoas entrou em confronto dentro do estabelecimento e, após a investigação, a polícia local concluiu que a razão era nada mais nada menos que… provocações sobre o histórico 7 x 1 da Alemanha em cima do Brasil, na semifinal da Copa do Mundo de 2014.

Um turista brasileiro identificado como J.L.M. foi preso como responsável por agredir um argentino durante a festa. Ele foi acusado do crime de ferimentos graves e não pode deixar a cidade. De acordo com o diretor da Divisão de Segurança de Junín de los Andes, Mauricio Troncoso, a vítima teve fraturas no nariz após ser atingida por um copo de vidro. Os demais envolvidos na briga deixaram o local rapidamente e não foram encontrados pela polícia.

O juiz do caso rejeitou o pedido de prisão preventiva da acusação, mas impôs ao réu a obrigação de permanecer na cidade. Além disso, terá que se apresentar duas vezes por dia na delegacia de polícia e não poderá se aproximar da vítima.

A confusão
De acordo com a investigação, tudo começou com uma discussão entre um grupo de brasileiros e moradores locais sobre o fatídico jogo pelas semifinais da Copa do Mundo de 2014.

Após algumas provocações de ambos os lados, os ânimos se exaltaram até que o turista brasileiro arremessou o copo no argentino. “O que começou com um diálogo foi gerando um tom de exaltação e isso os motivou a uma luta corporal”, explicou Troncoso ao jornal LM Neuquén.

Últimas notícias