Arbitragem desastrosa elimina Brasiliense na Série D

Árbitro assinalou pênalti em um lance ocorrido fora da área, e lance foi determinante para eliminação da equipe na competição

atualizado 18/09/2021 22:22

Tetê Viviani/Esp. Metrópoles

Na tarde deste sábado (18/9), o Brasiliense, jogando contra a Ferroviária, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara-SP, foi eliminado da Série D, pela vergonhosa atuação da arbitragem, que assinalou pênalti em um lance ocorrido fora da área.

A falta aconteceu aos 22 minutos do segundo tempo, quando o atacante Júlio Vitor foi derrubado por Alex Murici na entrada da área. O mineiro Antônio Márcio Teixeira da Silva assinalou a falta, mas a equipe da Ferroviária (inclusive membros da diretoria que acompanhavam nas arquibancadas) pressionou o árbitro e o assistente Celso Luiz da Silva, que cederam às reclamações, voltaram atrás e marcaram o pênalti, convertido pelo próprio Júlio Victor.

Até o erro claro cometido por Antônio Márcio Teixeira da Silva, o Jacaré era melhor na partida, e, caso o 0 x 0 se arrastasse até o apito final, a vaga seria decidida nos pênaltis, já que o primeiro jogo terminou com empate sem gols.

É vergonhoso que mais uma vez, a exemplo da Copa do Brasil de 2002, contra o Corinthians; da Copa do Brasil de 2020, contra o Paysandu; e agora na Série D 2021, erros flagrantes cometidos por árbitros tendenciosos continuem prejudicando a equipe do Distrito Federal.

Vídeos
Últimas notícias