Após empate em casa, Eduardo Barroca é demitido do Atlético-GO

Clube optou pela saída do treinador após empate sem gols com o Cuiabá, pelo Campeonato Brasileiro

atualizado 27/09/2021 20:17

Eduardo BarrocaBruna Prado/Getty Images

Eduardo Barroca não é mais o técnico do Atlético-GO para a sequência do Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira (27/9), um dia depois do empate sem gols com o Cuiabá, pela 22ª rodada, a direção comunicou oficialmente o seu desligamento em comum acordo.

Barroca chegou ao Atlético em maio para a sua segunda passagem, já que havia dirigido o time em 2019, ano em que conquistou o acesso na Série B. Ao todo, foram 34 jogos, sendo dez vitórias, 16 empates e oito derrotas. Nesta temporada, foram 25 jogos, com sete vitórias, 11 empates e sete derrotas.

O presidente Adson Batista também usou suas redes sociais para confirmar a saída do técnico. Ele afirmou que foi uma de suas decisões ‘mais difíceis’ e que o Atlético busca ‘uma nova filosofia’.

“Acompanhamos no clube um ótimo trabalho de campo com grande aceitação do elenco. Entretanto, entendemos que o melhor seria a saída para que possamos buscar nova filosofia no campeonato. Esta foi uma das decisões mais difíceis que tomei na minha carreira por se tratar de um grande profissional e ser humano. Agradecemos ao Eduardo Barroca pelos quatro meses de trabalho”, escreveu o dirigente.

O Atlético segue preparação sob comando de Eduardo Souza, auxiliar técnico da comissão permanente do clube. O time goiano aparece em 12º lugar com 27 pontos e visita o Fortaleza no sábado, às 17h, no Castelão, em Fortaleza (CE), pela 23ª rodada.

Vídeos
Últimas notícias