NBA reforça diretrizes sobre saúde mental para a próxima temporada

Alguns jogadores, como Kevin Love e DeMar DeRozan, recentemente admitiram ter passado por dificuldades emocionais

Rick Madonik/Toronto Star via Getty ImagesRick Madonik/Toronto Star via Getty Images

atualizado 07/08/2019 20:10

Após diversas reclamações por parte dos jogadores envolvendo o assunto saúde mental, a NBA reforçará suas diretrizes sobre a questão pensando na temporada 2019-20.

De acordo com Sam Amick, do site The Athletic, entre as novas exigências que os times deverão cumprir estão: disponibilizar profissionais para acompanhar os atletas quando necessário e ter um plano por escrito para casos de emergências envolvendo saúde mental. Além disso, as franquias deverão comunicar aos jogadores e comissão técnica como irão lidar com assuntos como privacidade e confidencialidade.

Entre os jogadores que admitiram ter enfrentado dificuldades com a saúde mental estão Kevin Love, ala-pivô do Cleveland Cavaliers, e o ala-armador DeMar DeRozan, do San Antonio Spurs.

“Nós estamos vivendo em uma época de ansiedade. Eu acho que é uma consequência direta das redes sociais. Muitos jogadores estão infelizes”, declarou Adam Silver, comissário da liga.

Últimas notícias