Brasileira ex-atleta de basquete lucra R$ 40 mil com conteúdo erótico

Ex-jogadora do Microcamp e o Ribeirão Preto, Amanda Costa se tornou influenciadora digital depois de ter deixado o esporte

atualizado 22/01/2021 14:41

Amanda Costa

Amanda Costa, ex-jogadora de basquete, aposentada das quadras há cinco anos, agora fatura R$ 40 mil por mês produzindo conteúdo erótico na plataforma OnlyFans. Esta rede social funciona de uma maneira na qual o dono do perfil pode cobrar pelo acesso aos posts e a brasileira ficou conhecido pelas suas fotos e vídeos para maiores de 18 anos.

Ex-atleta do Microcamp e o Ribeirão Preto, Amanda se tornou influenciadora digital depois de ter deixado o esporte. Além de estar no OnlyFans, ela também mantém um canal exclusivo e pago para seguidores no Telegram. Assim, Amanda recebe os R$ 40 mil diretamente de seu público, sem precisar de intermediação de agências e produtoras.

A produção deste tipo de conteúdo foi a saída que a ex-jogadora encontrou de continuar trabalhando após se casar com um engenheiro americano, que ela acompanha em viagens de trabalho pelo mundo. Sem a possibilidade de um emprego presencial, ela encontrou a opção de apostar no digital.

0

“Parei de jogar os Jogos Abertos e comecei a investir na minha carreira na internet, vender conteúdo erótico e me divulgar”, contou ao UOL.

No esporte, Amanda foi vice-campeã do Campeonato Paulista com o Ribeirão Preto, em 2005.

Vídeos
Últimas notícias