Aos 16 anos, adolescente do eSports ganha mais que Djokovic e Woods

Atleta dos eSports, norte-americano ganhou US$ 3 milhões no Mundial de Fortnite, mais que astros no tênis e no golfe

Eric Ananmalay/ESPAT Media/Getty ImagesEric Ananmalay/ESPAT Media/Getty Images

atualizado 30/07/2019 18:01

Se tornar um milionário aos 16 anos é o sonho de 10 em cada 10 adolescentes. Melhora mais ainda caso a conquista seja alcançada fazendo algo que muitos consideram “apenas um joguinho”. Foi foi esta a façanha lograda pelo norte-americano Kyle Giersdorf, o Bugha, ao conquistar no último final de semana a Copa do Mundo de Fortnite, game que faz muito sucesso entre os adolescentes. O título rendeu ao jogador a bagatela de US$ 3 milhões (cerca de R$ 11 milhões). A premiação é a maior dada a um jogador em um evento de eSports na história. O valor é suficiente para colocar Bugha no mesmo patamar de grandes nomes do esporte como o tenista sérvio Novak Djokovic e o golfista norte-americano Tiger Woods.

Não, Bugha ainda não tem a mesma premiação total que os dois. Apenas a título de curiosidade, Djokovic, ao longo dos 16 anos de carreira profissional, já se aproxima dos US$ 135 milhões apenas em premiações. Os números de Woods são ainda mais astronômicos e, apenas com as conquistas esportivas, o norte-americano acumulou mais de US$ 1 bilhão. O que aproxima o trio, porém, são as conquistas recentes: os US$ 3 milhões é, acredite, maiores do que as premiações das últimas conquistas de Djokovic e Woods.

Pela conquista em Wimbledon, após a final mais longa da história do torneio, o sérvio embolsou nada menos que US$ 2.983.000,00, número superior em quase um milhão de dólares ao que Tiger Woods colocou na conta ao vencer o Masters deste ano. Na ocasião, Woods, que é tido como o maior de todos os tempos no golfe, arrecadou US$ 2.070.000,00.

Nos eSports
A cifra nababesca arrebanhada por Bugha se torna ainda mais assustadora se levarmos em conta apenas o cenário dos esportes eletrônicos. Com a conquista de Nova York, o atleta se tornou o décimo mais bem pago na história. De quebra, ele foi o primeiro jogador de Fortnite a entrar no Top 10 dos que mais receberam. Acima dele, todos os outros players atuam no Dota 2.

A título de comparação com atletas do eSport brasileiro, o ícone Gabriel Toledo, o FalleN, duas vezes campeão mundial de CS:GO, tem, em premiação, menos de um terço do valor alcançado: o paulista nascido em Itararé e criado em Itapetininga da Serra ganhou, até o momento, US$ 955 mil em premiações.

Classificação

PosTimePÚltimos
jogos
1Flamengo77
W D W W W
2Palmeiras67
W W W W D
3Santos64
D W W W W
4Grêmio56
W W W W W
5São Paulo52
W L W L L
6Athletico-PR50
W D W D W
7Internacional49
W D L L W
8Corinthians49
D L L W D
9Bahia43
L L D D L
10Goiás42
L D W L L
11Vasco42
D L D L W
12Atlético-MG40
L L D W D
13Fortaleza39
D W D L W
14Botafogo36
L L L L W
15Ceará36
D W L W L
16Cruzeiro35
D W D D D
17Fluminense34
D L D W L
18CSA29
L W L L L
19Chapecoense22
D W L D L
20Avaí17
L L L L L
Últimas notícias